quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Homenagem

Vivam os mártires da liberdade Manuel Buíça e Alfredo Costa! Vivam Aquilino Ribeiro e as 18 espingardas que aguardavam a família real no seu percurso. Viva a Carbonária Anarquista!

Apesar da vil traição dos jacobinos, vivam todos os que deram o sangue pela liberdade!



"O meu ódio maior, a minha mais viva repulsa
dirigem-se aos patrões burgueses
que nos exploram e que sem altivez servimos."
Alfredo Costa

"Meus filhos ficam pobrissimos;
não tenho nada que lhes legar senão o meu nome e o respeito e compaixão pelos que soffrem. Peço que os eduquem nos principios da liberdade, egualdade e fraternidade que eu commungo e por causa dos quaes ficarão, porventura, em breve,orphãos
"
Manuel Buíça


A ver entendo isto bem ...

Os minarquistas aceitam simultaneamente que:

  • O Estado tende para agir de forma corrupta, ineficiente e até ineficaz
  • Sendo que o Estado é necessariamente incompetente devem-lhe por isso ser dadas as responsabilidades mais importantes e críticas (como o monopólio da violência, o arbítrio final de disputas)
Na imagem: Agentes da autoridade apanham um colega seu em missão de provocação, disfarçado de manifestante.

Não venhas à agente de asseguração dos direitos negativos

Cartaz da Festa de Carnaval no Bacalhoeiro

Re: Re: Nuclear, sff

A direita atlântica, sempre tão em pânico por causa do terrorismo, sempre tão amiga dos atropelos à privacidade, dignidade e direitos humanos em nome da tranquilidade securitária, defende sem pejo a construção de centrais nucleares em Portugal.

A propósito, Portugal sofreu o ano passado um terrível ataque terrorista por forças de extrema-esquerda. O leitor não se lembra? Mas está escrito neste relatório da Europol (página 16, figura 1). Ora toda a gente sabe que este tipo de terrorista não gosta de centrais nucleares. Não será melhor pôrmo-nos a pau?

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Kosovo


Este fim de semana milhares de burgueses portugueses gritaram a uma voz contra a independência do Kosovo.

"Kosovo é Sérvia!"

Louvaram Tito e a Jugoslávia, e emocionaram-se com o hino da União Soviética.

sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

Muro de Ferro


Em 1923 Ze'ev Jabotinsky, pioneiro da extrema direita sionista propõe, no livro "O Muro de Ferro" a criação de um estado judeu na Palestina britânica, armado e protegido pelo Ocidente e que assegurará os seus interesses na região:

Toda a colonização, mesmo a mais restrita, deve continuar a despeito da vontade da população nativa. Logo, ela deve continuar e desenvolver-se somente sob o campo da força que compreende um Muro de Ferro que a população local possa nunca romper e passar. Esta é nossa política árabe. Formular isso de qualquer outra maneira seria hipocrisia.


Hoje, o seu mórbido sonho é uma realidade.

A não perder, hoje, na Biblioteca Museu República e Resistência, pelas 21:00, a exibição do filme documental "O Muro de Ferro", de Mohamed Alatar.

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Europa <-> Latina

A não perder - O Bifão e principalmente o Castora são músicos excepcionais. Mate-se a tristeza por uma noite. Esta noite. Na Casa da América Latina.

Os teus dias de opulência estão contados

Die fetten Jahre sind vorbei, ou "Os Edukadores", hoje, às 21:00, nos Cinemas de Portimão, junto ao gimnodesportivo. Acção directa anti-capitalista, retribuição, amor e Kreuzberg!

Cada coração é uma célula subversiva!

Obrigado, Arte & Fictio

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

3º C

Mais uma vez violência doméstica, noite de ontem para hoje. Desta vez não chamámos a polícia. Da última, há uma semana, prometeram que vinham mas não vieram.

Andar de bicicleta em Lisboa é suicídio

"Andar de bicicleta em Lisboa é suicídio"*


Para manter o mínimo de coerência, e mesmo rigor, dever-se-á antes admitir:

Andar de carro em Lisboa é homicídio.

*Andar a pé em Lisboa é suicídio.
Andar de transportes públicos em Lisboa é suicídio.

Andar em Lisboa é suicídio.



Ps.: O comentário é de Filipe Melo Sousa, um "liberal" português (sim eu sei que é um oximoro, mas é como ele se classifica). Repare-se como termo de comparação na opinião sobre os popós que têm os liberais do país dos liberalismo:

Não devemos admitir que sejam postos á venda veículos capazes de exceder o limite de velocidade na União Europeia em mais de 25%, ou seja, 160 km/h.
- Chris Davies, eurodeputado liberal britânico, falando da sua proposta ao parlamento europeu.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Noites de Lisboa

Noite de Sábado 12 para Domingo 13, 2:15, cruzamento da Rua dos Fanqueiros com a Rua da Conceição. 6 Polícias do Corpo de Intervenção atacam um jovem. Um aponta-lhe uma pistola à cabeça. O rapaz põe as mãos no ar, encosta-se à parede, assustado. Não parece entender as ordens "No chão, já caralho". O polícia da pistola (deve ter dito "caralho" umas 5 vezes) destranca a arma. Os outros lançam-se sobre "suspeito", puxando a cabeça para trás, joelhos em cima do pescoço, pernas e braços - procedimento habitual.
Levantam-se e vão-se embora. Não era quem procuravam. Quando o rapaz diz qualquer coisa
" . . . cidadão . . . "
numa pronúncia estranha, já eles vão longe,
proteger para outro lado.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Suharto


Levado ao poder por um golpe de estado coordenado pela CIA em 1965, Suharto, que já tinha colaborado com colonos holandeses e ocupantes japoneses, decidiu purgar a Indonésia de "todo e qualquer comunista". O general Nasution sob seu comando traçou como objectivo o extermínio dos 3 milhões de membros do partido comunista indonésio. Sob orientação do homem da CIA Sarwo Eddie, paraquedistas eram lançados sobre uma região, recrutando vigilantes mercenários para, à catanada, decepar todos os que axiliassem os "subversivos" constantes em listas que transportavam consigo. A estimativa de mortos às suas mãos anda por volta dos 2 milhões, contando com os 750 mil timorenses.

O governo americano apoiou oficialmente Suharto desde o início, tendo o editorial do New York Times escrito em 1965, dois meses após o massacre de mais de um milhão de pessoas que "na perspectiva estadudinense, a subida de Suharto ao poder é uma realização positiva".

Mais em Friendly Dictators Index

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

5 Factos fáceis de entender sobre o MON 810

1 - Única variedade de milho transgénico autorizada pela UE.
2 - Proibida para consumo humano.
3 - Na Europa, apenas cresce no Sul.
4 - Dos 27 países da UE, apenas Alemanha, França, Portugal, Espanha e República Checa aceitaram cultivá-lo em 2006, apesar das fortes pressões dos fabricantes.
5 - Entretanto a Alemanha decidiu proibí-lo. França está prestes a fazer o mesmo. E Portugal?

Em Portugal arranjou-se maneira de alterar a portaria sobre a criação de concelhos protegidos de transgénicos de forma a que seja impossível criar zonas livres de OGM.

Irónico é também que o Ministro do Ambiente português, Nunes Correia, fica do lado dos agricultores da Hungria para banir o cultivo de transgénicos nesse país, mas não faz nada para impedir o seu cultivo em Portugal.

Mais no Bidão Vil: 1 2 3 4 5

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Rallye Dakar


A biblioteca continua encerrada.

terça-feira, 8 de janeiro de 2008

Convicções Cegas


Por vezes a ideologia é tão alucinante que resiste à realidade mais óbvia. Por vezes há quem ame tanto uma ideia contra a realidade que, mesmo face às evidências, dê o corpo ao manifesto para provar à realidade que está errada! Tomar banho em águas radioactivas, comer carne de vaca louca, beber leite adulterado já são até clichés reaccionários.*

O pior é que, como diz Colbert, "reality has a well known liberal bias", e não tem misericórdia quando confrontada com convicções. Que o diga Jeremy Clarkson, um dos poucos comediantes verdadeiramente apreciados pela direita (provavelmente por causa das esporádicas chalaças homófobas, xenófobas e anti-ambientalistas). O idiota decidiu publicar os dados da sua conta bancária no The Sun, num artigo em que gozava com a preocupação com a privacidade que se sentia na altura, por causa do roubo de discos com os dados pessoais de 25 milhões de cidadãos britânicos.
Em menos de nada, viu-se a financiar instituições de caridade, involuntária e inesperadamente, através dessa mesma conta.
Há uns tempos li no Esquerda Republicana algo acerca de como o Papa vai ao médico em vez de se limitar a rezar, e de como isto atestaria a hipocrisia conservadora. A escolha para estes alucinados parece ser entre a hipocrisia e um Darwin Award.

*A propósito, cheguei a pensar enviar por correio uma maçaroca das Lameiras a um certo Crespo ... será que ele a comeria?

quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Guerra Total ao Natal II - Retratos das celebrações no mundo cristão

Na Suécia, bêbados queimam bodes de palha

Na Catalunha, espanca-se um tronco de madeira gritando "Caga caramelos, caga-os todos!"

Nos Países Baixos, um negreiro vem de barco de Espanha e os seus escravos distribuem doces


Noutros lugares, um símbolo de uma marca de refrigerantes invade chaminés. Deixa no Pólo Norte uma sweatshop de pequenos elfos.


E você, caro leitor cristão, como celebra a data de nascimento do Salvador?

Fogo em Portimão

2007 para 2008, Elmano das Luzes iluminou os céus, esperando que Santana Lopes nunca lhe faça sombra.