quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Subsídio para a interpretação das classificações nos exames II

Não vale a pena tentar sequer interpretar os dados erróneos divulgados pelos media até agora, porque:

1) Só é lícito fazer uma ordenação dos resultados das escolas por disciplina. Ao misturar classificações a Português (cujas médias nacionais andam à volta do 12) com Física (à volta do 7), está a beneficiar-se as escolas com menos alunos de Física. As escolas que se especializam em formar alunos nas áreas das humanidades e das artes, tendo menos estudantes de Matemática e por vezes nenhuns de Física, obtêm sempre classificações médias mais altas.

2) Para que os resultados sejam comparáveis, há que compensar o facto de haver escolas que permitem apenas aos seus 20% melhores alunos ir a exame enquato outras examinam 80% dos seus. Se na escola A se der o primeiro caso e na B o segundo, só é lícito comparar a média dos exames da escola A com a média dos exames dos 25% melhores da B - assumindo, de forma razoável, que os restantes não teriam tido sequer a oportunidade se estivessem na escola A. Se não se fizer isto, premeia-se as escolas que fazem uma sobre-filtragem dos alunos. Isto acontece muito em escolas privadas (em 10 alunos do 12º de um colégio privado, apenas 3 vão a exame).

Subsídio para a interpretação das classificações nos exames

No ano seguinte a completar o 12º ano numa excelente escola do terceiro cento do ranking, este autor começou a dar explicações de Matemática a alunos de 12º ano. Na zona, publicitou os seus serviços em três escolas, igualmente próximas. Duas eram públicas e a outra privada.

O autor do blogue insta os seus leitores a adivinhar de qual delas recebeu mais explicandos.

Ps.: Preço médio por explicações de matemática de 12º ano: 25€ / hora / estudante. Preço médio mensal: 250€

domingo, 28 de outubro de 2007

Espaço (Espasmo #24)

... e as fachadas antigas de
drogarias, tascas, pastelarias
prontos-a-vestir e restaurantes
pintados a néon e abandono
vão num misto de mágoa e dor
coexistindo com o futurístico
planeta das multinacionais de
roupa, comida e gadgets
engolem humanos e cospem
autómatos neo-liberais
e assim se vai enterrando
mil anos de história e
histórias, personalidades e
pessoas, lojas, calçadas,
eléctricos, culturas sob
gigantes financeiros que só
nasceram para criar uma
estúpida uniformidade

quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Há 6 meses

O meu 25 de Abril não foi o de 74. Foi o de 2007.
Foi há seis meses, e ainda não foram reveladas as conclusões deste processo: a Autoridade agiu com a força adequada às circunstâncias.

O problema da insegurança na perspectiva de classe

Tento apontar à cabeça. Não consigo falar, não consigo dizer nada, sob o medo. És maior que eu, mais alto do que pensava. A fusca treme-me nas mãos, assusta-me tanto quanto a ti. Não. Não. Espero que não ... Foda-se esperei tanto tempo a olhar para este portão, para esta casa ...
- Queres cinco carros para quê!?
Estou mais calmo, é agora
- As chaves, abre a porta, no chão, já caralho!

Amanhã vais dizer que é injusto, tu tens quatro botes, vais dizer que foi injusto.

Serei o único a tirar esta conclusão?

O ranking das escolas divulgado hoje revela que é necessário aumentar o investimento estatal nas escolas públicas.

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

"Este sistema liberta pedófilos e assassinos mas persegue os nacionalistas"

Skinhead do PNR, já acusado no mega-processo da PJ, e detido mais recentemente por vandalizar cemitério responde também num terceiro processo ... por pedofilia.

Mais Meia Hora de elogios à barbárie

"[...]ao contrário dos russos, os chineses ainda não se podem dar ao luxo de fomentar eleições[...]. Convenhamos que não deve ser fácil agora, oferecer uma caneta e um boletim de votos a cada um do bilião [sic] e tal de chineses, a maioria dos quais analfabetos nos vários sentidos da palavra. Aceita-se portanto que os dirigentes chineses procurem que isso não aconteça. [...] O Presidente Hu Jintao é um bom homem, inteligente, capaz de ver para além dos muros da cidade proibida. [...]"

Sérgio Coimbra, director do diário gratuito Meia Hora, opinião editorial 22/10/2007, exactamente uma semana depois desta.

Ps.: A semana passada, Sérgio Coimbra desculpabilizou a brutal ditadura franquista por "ter livrado a cultura espanhola de ser reescrita pelo socialismo". Desta feita, é aceite o terrível regime socialista chinês porque afinal este implodiria se não fosse a repressão.

PPs.: O argumento de que os chineses não merecem a democracia porque são analfabetos e não sabem no que estão a votar está, lamentavelmente, na mesma linha que este:


[não deve haver] referendo sobre o Tratado Europeu porque essa política não está ao alcance da população, [...] apenas dois por centro da população percebe o processo de decisão política na Europa!


e este

Referendar o Tratado é matá-lo. Alguém acredita que o cidadão iria dedicar-se ao estudo minucioso do Tratado, ponderar as consequências e as vantagens, reflectir sobre as múltiplas questões envolvidas? E que, após o amadurecimento da questão, não se decidiria simplesmente pelo "Não" como voto de protesto contra o encerramento da maternidade da sua terra ou o aumento salarial para 2008?


... parecendo assumir que é ilegítimo votar baseando-se nas condições práticas, nas consequências sentidas na péle das políticas.

sábado, 20 de outubro de 2007

Do que falamos quando falamos do Tratado de Lisboa

"[...]os impasses que surgem em situações de crise entre Estados Unidos, Rússia e UE são em parte devidos a uma certa flacidez dos orgãos europeus e este tratado, ao permitir um fortalecimento dos pilares da Europa [...]"
Luís Amado, em entrevista no Jornal das 9, Sic Notícias, ontem à noite (disponível on-line?)

terça-feira, 16 de outubro de 2007

Amor semeia a revolta ...


... antes que sequem os rios.

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Que jornal português terei de arranjar ...

... em que não tenha que ler editoriais de conservadorismo moderado como este:

"[...]como se Fanco [sic] tivesse sido um Saddam *[1] ou um Estaline. [...] Não fora o Generalíssimo e a esta hora a cultura*[2] de Espanha teria sido reescrita pelo "socialismo" como aconteceu para lá do muro.[...]"

Sérgio H. Coimbra, director do Meia Hora, opinião editorial, 15/10/2007, acerca da possibilidade de retirar do espaço público espanhol estátuas do ditador que mandou executar centenas de milhar*[1] de concidadãos.


*[1] curiosamente, sensivelmente o mesmo número dos que morreram às mãos de Saddam.
*[2] valeu à cultura espanhola a franquista proibição da língua galega, catalã, basca ...

sábado, 13 de outubro de 2007

Mundo bizarro

Estava aqui a rever esta notícia.
E não pude deixar de pensar que só mesmo num mundo muito irónico pode um cabeça-rapada anti-semita ter como nome Isaque Nogueira.

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Quero agradecer a Deus, a Jesus, ao Pai Natal, ao Monstro das Bolachas ...

Kathy Griffin, que foi censurada por exprimir as suas convicções religiosas ao receber um Emmy, tem um familiar, Peter, também ele vencedor de dois Emmys. Fica aqui um seu discurso de agradecimento, também de cunho religioso, numa outra ocasião:

video

40 anos

Planeavas matar-me? Não há carne e osso por baixo desta capa mas tão-somente uma ideia. As Ideias são à prova de bala.

Efeméride

Há uma coisa que não entende: é que apesar de ser frequentemente usada, embora unicamente para facilitar a comunicação entre as pessoas, a palavra «ateísmo» não existe! Não existe essa palavra, como não existem palavras para designar aqueles que não acreditam no Pai Natal, ou na Fada dos Dentes, ou em Zeus, ou em selenitas.

Parabéns, Random Precision!

Cito uma das numerosas tiradas geniais do seu autor, e ofereço este link e também ... George Carlin:




... religião convenceu o mundo que há um homem invisível no céu, que é mágico e observa tudo o que fazemos e tem uma listinha de 10 coisas que não quer que façamos e se fizermos qualquer uma delas queimar-nos-á num lugar com lagos de fogo, torturar-nos-á, far-nos-á sofrer as mais miseráveis agruras para toda a eternidade. Mas atenção: ele ama-nos!

Música de Intervenção

Assim que abandonamos o nosso discernimento racional, e nos contentamos em confiar numa Autoridade, não há fim para os sarilhos em que nos metemos.


Um herói do Pensar chamado Bertrand
Delineia numa obra magnifica, grande
os muitos e tolos enganos do Homem
que à luz da razão no ridículo se expoem.


Exit-13 , An Outline of Intellectual Rubbish do álbum Don't Spare the Green Love - uma humilide tradução como forma de homenagem à banda e a quem ela homenageia.

terça-feira, 9 de outubro de 2007

Encontro

Bernardo d’Orey Vasconcellos e Souza d’Almeyda e d’Andrade é apresentado a William Winthorp Astor. Desconfiam um do outro à partida. É que o americano ouviu que Bernardo escreve num blogue liberal. Ao Barão da Casa d'Andrade, faz-lhe espécie que William seja republicano.

Plágio II

Será que César das Neves lê o que se escreve por aqui? É que apenas quatro dias depois de ser neste espaço acusado de plágio a uma figura pouco querida, sai-se com este encómio, em pleno Diário de Notícias:

Por outro lado, o primeiro regime teocrático xiita da História não é uma ditadura desmiolada. É uma democracia que há quase três décadas manobra com argúcia na cena mundial.

Será que um daqueles artistas atlânticos da foto-manipulação se lembra de lhe pôr um bigode estreitinho, ou melhor, uma barba cinzenta à aiatolá ? Ah ... espera ... ele já ...

quinta-feira, 4 de outubro de 2007

À nova lua

Depois de milhares de anos o Homem,
feito à Sua imagem e semelhança,
sem jamais repousar,
com a sua inteligência laica,
sem medo,
no céu sereno de uma noite de Outubro,
colocou no céu uma Luz igual
àquela que girava
desde a criação do Mundo.
Amen.

Salvatore Quasimodo
La terra impareggiabl
e

Plágio


24/03/2004 - A mulher é no mundo a suprema criatura. Superior pela beleza,[...] virgindade e maternidade [...] juntas na mesma pessoa, cintilam no mais alto dos céus, acima de toda a criatura. - João César das Neves, ex-assessor de Cavaco Silva, Diário de Notícias,

24/09/2007 - As mulheres são as supremas criaturas da Criação. Representam a beleza e a bondade que Deus lhes instilou. - Mahmud Ahmadinejad, presidente do Irão, dirigindo-se à plateia da Universidade de Colômbia, Nova Iorque


24/03/2004 - Quando a mulher, o ser superior, se rebaixa, as consequências são horríveis. Como se pode considerar um progresso a mulher-soldado? [...] São hoje esquecidas e atacadas as duas razões mais próprias da glória feminina, o encanto da virgindade e a grandeza da maternidade. - JCN, Diário de Notícias

04/04/2007- Entre os soldados detidos está uma senhora, que é mãe de uma criança. Porque é o trabalho mais difícil como patrulhar o mar é dado a uma mulher? Não há respeito pela maternidade? O Ocidente não dá valor às suas mulheres? - MA, em conferência de imprensa, falando sobre a marinheira britânica capturada Faye Turney.


24/09/2004 - A Europa gasta o tempo na promoção do aborto, homossexualidade, eutanásia, pedofilia,divórcio. [...] A promoção da homossexualidade baralha até os dados da natureza. [...] A pedofilia é sempre um caso de homossexualidade. - JCN

04/09/2007 - Não temos o vosso tipo de homossexuais. Não sei quem vos disse isso. - MA

segunda-feira, 1 de outubro de 2007

A Tia Teggy contra os úteros!

CDS-PP quer combater o colo do útero, primeiro nas meninas de 10-11 anos.
Quem nos informa é outro arauto (neste caso involuntário) do nadir dos tempos, o serviço de notícias semi-verdadeiras que rivaliza com o The Onion, o nosso Público.
Mas algo soa estranho nesta proposta dos Democratas-Cristãos - primeiro, é que o liberalismo se vai ao ar desde que seja para dar responsabilidade ao Governo de oferecer mais um dinheirinho às farmacêuticas. Segundo, ainda mais bizarro: o conservadorismo , onde está ? Aquela ideia da responsabilização do cidadão? Os seus camaradas republicanos norte-americanos, normalmente venerados pela cáfia de Teggy, acham que que quem apanha o vírus que causa este cancro só pode ser uma putéfia, e que assim sendo não merece vacina nenhuma. Mais, que a vacina promove a promiscuidade!

Ver mais sobre a hipocrisia conservadora em Womenage a Trois.

Portugal é o país da União Europeia mais afectado pelo vírus do papiloma humano, e os Verdes andam há meses a tentar passar legislação para que a vacina contra este seja incluida no Plano Nacional de Vacinação.