quarta-feira, 23 de julho de 2008

O Liberal

Paulo Portas critica falta de autoridade do Estado.

[Portas] disse não compreender como é que o Governo espera que a PSP garanta a segurança dos 200 mil habitantes do concelho de Loures, “com turnos policiais que apenas têm 80 efectivos´´.

5 comentários:

miguel disse...

Liberal?
Acho que estás a sobrestimar a capacidade de raciocínio do senhor. Ele nem deve saber se é liberal..

Tárique disse...

Mas ele lidera o partido que mais se queixa do Estado, que "é pesado e tira às empresas e às famílias", tendo chamado ao Sócrates Xerif de Nottingham, etc.

De resto concordo, os sistemas defendidos pelos políticos do bloco central (e até da oposição) variam entre o corporativismo e o nepotismo, chamem-lhe social-democracia ou liberalismo ...

Filipe Abrantes disse...

O Portas também ontem (creio) teve um "momento liberal" ao queixar-se do crime de usura (!!!!!) praticado pelas empresas de crédito fácil. Até citou a constituição.

Daqui a 1 mês estará num jantar do PP em Almansil (Vale do Lobo não dá, dava mau aspecto, podia-lhe cair a máscara), onde acusará a mesma constituição de esquerdismo.

Tárique disse...

crime de usura, pecado no corão, também. que o digam os gajos do citibank.


Filipe, sem ser no Portugal 4 Ron Paul tem algum blogue seu ou artigos na blogosfera que reflictam a sua linha política? eu estaria interessado em lê-los.

Filipe Abrantes disse...

Respondi-lhe por e-mail, tarique.