terça-feira, 17 de junho de 2008

3 curtas sobre omissões

1) Os pseudo-liberais portugas não se insurgem contra a transferência social inversa que é o estado estar a gastar impostos para dar aos ricos uma protecção extra sobre os seus luxos? É que pagar e equipar Brigadas de Trânsito, GOE, Serviço de Segurança Pessoal e Corpo de Intervenção para protegerem Mercedes, Audis e BMW's sai caro aos contribuintes. A mim parece-me despesismo e intervencionismo estatal a mais.

2) Os blasfemos pseudo-liberais anti-bicicleta não reformulam a sua opinião ao verificar quanto é que o estado pode emagrecer e se tornar mais "mínimo", em especial em questões da saúde, ao facilitar a utilização das pedaleiras?

3) Estarão os pseudo-liberais da moral e bons costumes em pânico ao aperceberem-se que , enquanto ultramontanos homofóbicos, pertencem não só a um, mas a dois grupos de risco de contracção da SIDA!!! É que, ao que parece, se há quem goste de práticas homossexuais perigosas, e então de drogas como branca e meta nem se fala, são os tipos conservadores religiosos como Ted Haggard, Mark Foley, Larry Craig , Bob Allen, Glenn Murphy Jr. .

Aqui estão 3 questões que pensaria serem preocupações naturais dos conservadores liberais da blogosfera portuguesa, com potencial para levá-los a escrever torrentes de artigos. Pelos vistos enganei-me.

2 comentários:

Wyrm disse...

Li num comment no Blasfémias (http://blasfemias.net/2008/06/18/portela-perde-trafego/#comment-38524) e não tenho confirmação, mas parece que as embarcações de carácter recreativo também vão pagar o "gasoile" a 0,80€.
É a mão invisivel.

Tárique disse...

:)