terça-feira, 29 de abril de 2008

Nova Iorque e o Futuro

Agora é Nova Iorque que decide tornar-se uma cidade ciclável. O novo plano estratégio do Departamento de Transportes da cidade define:

- no próximo ano, a implementação de 350 Kms de ciclovias, pelo menos 24 dos quais fisicamente resguardadas;
- dentro de 3 anos, a contrução 5000 estacionamentos para bicicletas;
- duplicar o número de ciclistas diários na Grande Maçã para 200 mil.

fonte: TreeHugger

2 comentários:

rui disse...

isto parece-me uma perigosa cedência ao politicamente correcto mas vamos esperar pela interpretação que a facharia fará do caso.

Tárique disse...

Uma cedência imposta pela realidade ... talvez lhe chamem mão invisível :)

Ao que parece a política anterior , "pró-automóvel" já está a tornar a cidade insuportável.

Os "planos Bloomberg" que metiam taxas extra contra congestionamentos, (8 dólares para entrar em Manhatan, menos de um terço do que em Milão) não passaram na assembleia municipal.

Já por cá, parece que o limiar do que conseguimos suportar até começarmos a pensar em mudar de paradigma é bem mais elevado. Imagina-se um presidente de direita decidir cobrar taxas pela entrada de carros no centro de Lisboa? :)