sábado, 2 de fevereiro de 2008

Politicamente Correcto

A brigada do politicamente correcto visitou hoje a associação cultural Bacalhoeiro. Obrigou a associação a recolher de imediato dezenas de cartazes politicamente incorrectos espalhados por Lisboa que anunciavam uma festa de Carnaval.

A brigada anda armada e veste-se de azul. Não se via uma acção tão lesta de reposição da ordem desde que o cartaz do Gato Fedorento foi retirado do Marquês de Pombal. Os direitos negativos de não-sei-quem foram assegurados mais uma vez.
Resta aguardar as inevitáveis visitas frequentes da ASAE ao 125 da Rua dos Bacalhoeiros.

Ps.: A razão apontada para a ordem de recolha dos cartazes é hilariante: violação da privacidade. Sim, o senhor da foto, apesar de estar em acção pública, tem direito constitucional a não ver a sua imagem divulgada. Privacidade no país onde guardam a informação sobre a nossa utilização da internet e telefone durante um ano, no país onde Estado regista nomes e moradas de manifestantes e lhes tira fotos para mais tarde recordar. Sim, rapidez e eficácia no país em que os homens de azul demoram horas a acorrer a uma queixa de violência doméstica (quando aparecem).

Ps2.: O Spectrum, blogue que já conhece o personagem de outras andanças, tem sentimentos mistos em relação ao ocorrido
. "Mix [sic] feelings", como se diz em americano.

Ps3.: FAQ da legitimidade, n'O Bitoque.

Ps4.: Já atrai moscas ...

2 comentários:

Saboteur disse...

eheheh

Eu fiz um post sobre o cartaz.... mas deixem-me lá que vos diga: Quando vi o cartaz e tirei a foto, pensei nisso mesmo. A foto, se fôr de um bófia tuga, aqui de Lisboa, vai dar problema.

É chato. Teres uma foto tua com uns pézinhos de suino espalhada pela cidade.

Saboteur
www.spectrum.weblog.com.pt

vxv disse...

muito mau mesmo!
mas também se foi o que aconteceu, infelizmente, porquê a censura? eles só devem estar envergonhados da "repressão"( melhor dizendo distribuição de porrada) às pessoas que estavam apenas a manifestar o que acham que vai mal no país, ainda por mais durante a celebração 25 de abril...algo irónico =/
tenho pena que esses cartazes tenham sido retirados